PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Por que deixamos de crescer no trabalho e boicotamos nossa prosperidade

Sri Prem Baba

24/11/2017 04h00

Crédito: iStock

Por mais contraditório que possa parecer, muitos de nós sentimos medo da nossa própria grandeza. Temos medo de brilhar e mostrar nossos talentos para o mundo. Essa é uma questão realmente importante já que pode travar o fluxo do amor e impedir que nos tornemos conscientes do nosso propósito. Compreenda que, ao sentir medo da própria potência, você passa a acreditar que é inadequado e se retrai, deixando seus dons guardados na gaveta.

Isso acontece por diversos motivos. Posso citar alguns mais comuns. Um deles acontece quando a criança começa a manifestar seus talentos e os pais, pouco habilidosos, querem mostrar isso rapidamente para os outros. Colocam tanta energia em cima da criança que ela acaba se machucando e criando vergonha de mostrar seus dons para se proteger da dor de ter tanta energia em cima de si.

Apesar de esse fenômeno que citei agora não ser raro, noto que na maior parte dos casos, o medo de ser grande –e com isso quero dizer se expandir além dos limites do ego– acaba surgindo do receio de superar os pais e os irmãos. Alguns chegam a carregar uma culpa por estarem dando certo, porque estão conseguindo e a família não. Alguns se questionam:

"Como posso dar certo se meu pai não está dando tão certo? Como posso ser feliz, se minha mãe não está feliz? Como posso ter dinheiro e conforto se meus irmãos estão padecendo na miséria?"

Já vi acontecer de uma pessoa fazer um profundo trabalho sobre si mesma e começar a aceitar sua força, dando passagem para o propósito e a prosperidade. Então, ao visitar sua família ela afundar tudo de novo. Não há nada errado com a família dela. A questão é que ela tem medo e vergonha da capacidade de voar, porque, talvez, sua família não esteja conseguindo levantar voo. E, assim, acaba podando as próprias asas.

Também é possível que haja algumas contas abertas com amigos da infância. Talvez a pessoa tenha passado alguma dificuldade ao revelar o seu brilho entre os coleguinhas. Talvez, ao ter mostrado sua força quando criança, alguns amigos tenham sentido inveja e ameaçado lhe excluir. Com medo do isolamento, ela acabou criando um bloqueio e preferindo se limitar para não ser rejeitada. 

Isso é incrível, não é? A pessoa desenvolve uma crença de que o seu brilho gerará exclusão e escolher se conter e demonstrar ser menor do que de fato é para se sentir aceita. Existe aí um não para o prazer, para seguir o fluxo positivo da vida.

Considero o medo do prazer mais difícil de lidar do que o medo da dor. Quando você vê o prazer como um perigo, fica complicado cuidar. É como se você estivesse esperando uma permissão para se expandir, esperando uma benção da mãe, do pai, dos amigos, dos irmãos para poder revelar ao mundo sua força. E a esperança de um dia recebê-la é tão grande que você se sabota, impedindo que suas potências se manifestem. Você fica paralisado esperando que esse sim externo seja pronunciado.

Em outras palavras, seu medo de se expandir tem base em uma fenda no seu corpo emocional. Será preciso localizá-la para poder reparar essa relação que te bloqueou e poder se sentir abençoado para seguir.

Vá atrás dessa crença dentro de você que diz que se você for grande será excluído. Qual a raiz dessa vergonha e desse medo? Se você permitisse que todos os seus dons se revelassem, se todo o seu potencial fosse colocado em movimento, o que você acha que poderia acontecer?

Às vezes, você não se permite nem mesmo revelar a grandeza do seu perdão, fica preso numa picuinha ou numa vingança sem sentido. A grandeza do amor é presa numa crença de que você não é capaz de amar ou de perdoar certas coisas porque, de repente, se você manifestar um amor desse tamanho, se tornará divino.

Que possamos superar nossos medos.

Sobre o autor

Nascido em São Paulo, Sri Prem Baba estudou psicologia e ioga. É discípulo do mestre indiano Sri Sachcha Baba Maharaji Ji, da linhagem Sachcha, e idealizador do movimento global Awaken Love. Seu trabalho une conhecimentos para fortalecer valores humanos, espirituais e sociais. Hoje, existem centros representativos de sua missão na Índia, Estados Unidos, Europa, Israel, Argentina e Brasil. É autor dos livros “Amar e Ser Livre - As Bases Para uma Nova Sociedade”, “Transformando o Sofrimento em Alegria” e do best-seller “Propósito – A Coragem de Ser Quem Somos”.

Sobre o Blog

Ensinamentos para o bem-viver com foco em autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. Conteúdos profundos abordados de forma prática sobre relacionamentos, propósito de vida, prosperidade, sustentabilidade, educação, crise planetária e espiritualidade, entre outros.

Blog do Prem Baba